reeducação alimentar

Proiba-Limite.png

“Nem toda dieta resulta em transtorno alimentar, mas quase todo transtorno alimentar começa com uma dieta.” –  Polivy & Herman 1985, ADA 2006, Hilbert et al., 2014

Oiii Gente… Tudo bem?
Quem já não passou por aquela situação em que você sabe que não pode comer alguma coisa, mas quando se dá o direito de comer, come exageradamente, compulsivamente, sem limites, e isso além de sabotar seus resultados, te frustra gerando culpa e por que não dizer, que te gera uma auto punição? E isso é muito sério.

Quando eu fui buscar no dicionário o significado de PROIBIR, encontrei as seguintes definições: ordenar que não se faça (algo); não permitir; impedir, desautorizar, tornar ilegal (uma coisa ou uma prática); interditar, banir..

Bom, toda vez que nos proibimos sob algum alimento ou conduta alimentar, é todo esse pacote pesado que estamos abraçando e teremos que lidar, porém quando eu falho em comer por exemplo o que defini que deveria ser banido das minhas escolhas, a consequência na maioria das vezes acaba sendo ainda mais severa.

Uma severidade alimentar, em que optamos por dietas ainda mais restritivas, como a prática do jejum,  dietas malucas ou uso de medicamentos falsos milagrosos. Pode ser uma severidade física, na qual vou ter que treinar o dobro do que tenho treinado nos últimos tempos e sobrecarregar meu corpo e fisiologia podendo debilitar meu sistema imune. Ou uma severidade mental, em que me martirizo por não ser sequer capacidade pra controlar meus impulsos e cumprir uma regra auto imposta, me julgo incapaz de emagrecer sem sofrer, “pra mim é sempre assim, meu metabolismo é lento, eu preciso de remédios fortes, eu preciso fazer uma cirurgia pra dar jeito.”

O que não damos conta é do quanto tais severidades alimentar, física e mental podem desencadear os transtornos mentais, de consequência alimentar ou não alimentar. Afinal, a maneira que que lidamos com a alimentação somos tendenciosos a lidar com as demais áreas da vida, o como nos alimentamos revela sutilmente nossas crenças e padrões mentais, tanto as  fortalecedores quanto as enfraquecedores.

Um transtorno alimentar é sempre muito difícil de se tratar. Primeiro é necessário reconhecer os sinais, aceitar os padrões incoerentes, buscar ajuda profissional de um psicólogo, nutricionista especialidade e em alguns casos até um psiquiatra que irá entrar com condutas medicamentosas no primeiro instante. Quanto mais tardiamente a pessoa buscar ajuda, mais complicado será sair dessa ciclo que a aprisiona.

É por isso que eu defendo tanto a bandeira de uma NUTRIÇÃO SEM RESTRIÇÃO OU PROIBIÇÃO, o que mais incentivo e estimulo em minhas condutas é a AUTO RESPONSABILIZAÇÃO de nossas escolhas, ações e suas consequências. É óbvio que uma pessoa que busca emagrecer, jamais irá atingir seu objetivo se manter os hábitos e comportamentos alimentares que a fez ganhar todo esse peso, é preciso CONSCIÊNCIA, de que tais hábitos não são necessariamente o problema de todo esse peso, e SIM, a QUANTIDADE  e a FREQUÊNCIA que foram consumido ao longos dos últimos meses ou anos.

Gosto de trabalhar em meus pacientes a AUTONOMIA… A LIBERDADE COM RESPONSABILIDADE.

Ou seja, ao invés de proibir, que tal reduzir, que tal gerenciar melhor as próprias escolhas, que tal definir certas limitações de quantidade e principalmente de frequência para consumir alguns alimentos. A ação de reduzir e limitar será mais do que necessária.

Resultados bons e duradouros levam tempo, levam constância, mas MAIS do que isso, eles levam o PREÇO DA DECISÃO. Quando uma pessoa decide mudar sua realidade, ela já conseguiu, apenas iremos encontrar o caminho de menos sofrimento e máximo resultado. Mas de graça, ninguém obtém nenhum avanço. É preciso esforço? Sim. Dedicação? SIM. E disciplina? TAMBÉM.

Na reeducação alimentar eu viso uma nutrição inteligente e eficiente, sem restrições, sem culpa, sem negar o prazer, mas resgatando e expandindo a boa relação com a comida.

Reflita sobre isso, analise seus hábitos, suas escolhas, crenças e punições que vem lidando no dia a dia. Pergunte-se o quanto isso está me levando para realmente eu atingir meus objetivos?

De 0 à 10 o quanto estou alcançando minhas metas de saúde e de qualidade de vida?

O quanto estou feliz e realizado com meu corpo e tenho a sensação de bem estar?

Agora é com você, faça uma pausa e pense. Depois me procure e me conte como você está se alimentando? Limitando ou proibindo?

Vamos juntos, me siga no INSTAGRAM, estou como @thaispereiranutri e para mais informações de consulta entre em contato pelo nosso whatsapp.

A vida já é muito intensa, muito densa, que a alimentação seja leve, possível e prazerosa.

Com carinho,
Thaís Pereira – CRN3 29.532
Nutricionista Esportiva


Sobre a Nutrees

Somos uma Clínica que oferece um ambiente acolhedor, convidativo e humanizado para todos que buscam experiências agradáveis, conhecimento transformador e soluções realistas no Emagrecimento, Saúde, Bem Estar & Performance.

Praça Visc. de Souza Fontes, 102 – Parque da Mooca, São Paulo – SP, 03127-010
Tel: (11) 2021-6148 ou (11) 98429-5280 (whatsapp)

Youtube

INSTAGRAM

This error message is only visible to WordPress admins

Error: There is no connected account for the user 1360001174 Feed will not update.

WhatsApp chat