emagrecer

Proiba-Limite.png

“Nem toda dieta resulta em transtorno alimentar, mas quase todo transtorno alimentar começa com uma dieta.” –  Polivy & Herman 1985, ADA 2006, Hilbert et al., 2014

Oiii Gente… Tudo bem?
Quem já não passou por aquela situação em que você sabe que não pode comer alguma coisa, mas quando se dá o direito de comer, come exageradamente, compulsivamente, sem limites, e isso além de sabotar seus resultados, te frustra gerando culpa e por que não dizer, que te gera uma auto punição? E isso é muito sério.

Quando eu fui buscar no dicionário o significado de PROIBIR, encontrei as seguintes definições: ordenar que não se faça (algo); não permitir; impedir, desautorizar, tornar ilegal (uma coisa ou uma prática); interditar, banir..

Bom, toda vez que nos proibimos sob algum alimento ou conduta alimentar, é todo esse pacote pesado que estamos abraçando e teremos que lidar, porém quando eu falho em comer por exemplo o que defini que deveria ser banido das minhas escolhas, a consequência na maioria das vezes acaba sendo ainda mais severa.

Uma severidade alimentar, em que optamos por dietas ainda mais restritivas, como a prática do jejum,  dietas malucas ou uso de medicamentos falsos milagrosos. Pode ser uma severidade física, na qual vou ter que treinar o dobro do que tenho treinado nos últimos tempos e sobrecarregar meu corpo e fisiologia podendo debilitar meu sistema imune. Ou uma severidade mental, em que me martirizo por não ser sequer capacidade pra controlar meus impulsos e cumprir uma regra auto imposta, me julgo incapaz de emagrecer sem sofrer, “pra mim é sempre assim, meu metabolismo é lento, eu preciso de remédios fortes, eu preciso fazer uma cirurgia pra dar jeito.”

O que não damos conta é do quanto tais severidades alimentar, física e mental podem desencadear os transtornos mentais, de consequência alimentar ou não alimentar. Afinal, a maneira que que lidamos com a alimentação somos tendenciosos a lidar com as demais áreas da vida, o como nos alimentamos revela sutilmente nossas crenças e padrões mentais, tanto as  fortalecedores quanto as enfraquecedores.

Um transtorno alimentar é sempre muito difícil de se tratar. Primeiro é necessário reconhecer os sinais, aceitar os padrões incoerentes, buscar ajuda profissional de um psicólogo, nutricionista especialidade e em alguns casos até um psiquiatra que irá entrar com condutas medicamentosas no primeiro instante. Quanto mais tardiamente a pessoa buscar ajuda, mais complicado será sair dessa ciclo que a aprisiona.

É por isso que eu defendo tanto a bandeira de uma NUTRIÇÃO SEM RESTRIÇÃO OU PROIBIÇÃO, o que mais incentivo e estimulo em minhas condutas é a AUTO RESPONSABILIZAÇÃO de nossas escolhas, ações e suas consequências. É óbvio que uma pessoa que busca emagrecer, jamais irá atingir seu objetivo se manter os hábitos e comportamentos alimentares que a fez ganhar todo esse peso, é preciso CONSCIÊNCIA, de que tais hábitos não são necessariamente o problema de todo esse peso, e SIM, a QUANTIDADE  e a FREQUÊNCIA que foram consumido ao longos dos últimos meses ou anos.

Gosto de trabalhar em meus pacientes a AUTONOMIA… A LIBERDADE COM RESPONSABILIDADE.

Ou seja, ao invés de proibir, que tal reduzir, que tal gerenciar melhor as próprias escolhas, que tal definir certas limitações de quantidade e principalmente de frequência para consumir alguns alimentos. A ação de reduzir e limitar será mais do que necessária.

Resultados bons e duradouros levam tempo, levam constância, mas MAIS do que isso, eles levam o PREÇO DA DECISÃO. Quando uma pessoa decide mudar sua realidade, ela já conseguiu, apenas iremos encontrar o caminho de menos sofrimento e máximo resultado. Mas de graça, ninguém obtém nenhum avanço. É preciso esforço? Sim. Dedicação? SIM. E disciplina? TAMBÉM.

Na reeducação alimentar eu viso uma nutrição inteligente e eficiente, sem restrições, sem culpa, sem negar o prazer, mas resgatando e expandindo a boa relação com a comida.

Reflita sobre isso, analise seus hábitos, suas escolhas, crenças e punições que vem lidando no dia a dia. Pergunte-se o quanto isso está me levando para realmente eu atingir meus objetivos?

De 0 à 10 o quanto estou alcançando minhas metas de saúde e de qualidade de vida?

O quanto estou feliz e realizado com meu corpo e tenho a sensação de bem estar?

Agora é com você, faça uma pausa e pense. Depois me procure e me conte como você está se alimentando? Limitando ou proibindo?

Vamos juntos, me siga no INSTAGRAM, estou como @thaispereiranutri e para mais informações de consulta entre em contato pelo nosso whatsapp.

A vida já é muito intensa, muito densa, que a alimentação seja leve, possível e prazerosa.

Com carinho,
Thaís Pereira – CRN3 29.532
Nutricionista Esportiva


PGM-O-MELHOR-DE-MIM-blog-1-1280x1280.png

Reeducar hábitos nunca foi tão desafiador com a chegada da tecnologia no nosso dia a dia.

Hoje fica mais fácil pedir uma comida rápida pelo aplicativo de celular do que passar no mercado e preparar algo simples para o jantar. Ou então, comer e beber quantidades exageradas de comida quando estamos estressados e ansiosos por não estarmos dando conta de toda cobrança social, emocional, tecnológica e afetiva que nos é exigida.

E como lidar com tanta pressão e ainda assim ser saudável e emagrecer?

Bom, nosso conselho é apenas um… vá com calma.

Ao invés de radicalizar, que tal reeducar?

Isso mesmo, reeducar os hábitos do dia a dia são determinantes para sua saúde e bem estar. E para reeducar a alimentação é tão importante quanto, reeducar a mente. São nos processamentos mentais que damos os primeiros passos do emagrecimento saudável e da mudança de vida. Conquistamos saúde e fazemos escolhas mais inteligentes na alimentação quando reaprendemos a lidar com os alimentos de uma forma positiva ao invés de punitiva ou mesmo compensativa.

É preciso parar, se sentar e aprender, primeiro como você lida com tudo isso e depois definir a nova forma de prosseguir esse relacionamento.

Acreditamos no PODER da Nutrição aliada com à Psicologia. Na interação, integração e revolução que acontece dentro de nós quando ambas abordagens estão conectadas para reeducar o ser humano.

Viva toda essa liberdade e todo esse poder na sua vida. Permita-se ser guiado por profissionais especialistas na área do cérebro e alimentação mais próximo de você.

Aqui na Clínica Nutrees, bem no bairro da Mooca temos um Programa inovador para lhe apresentar. PROGRAMA “O MELHOR DE MIM”, por 12 semanas, todas às quartas-feiras às 19h você terá uma Nutricionista e uma Psicóloga juntas no mesmo local e hora para te instruir e conduzo-las à Reeducação que tanto necessita (alimentar e mental).

Nossa próxima turma começa dia 07 de Agosto de 2019. As vagas são limitadas. Entre em contato, faça já sua inscrição e não fique de fora desse Programa tão esperado e diferenciado que vai de encontro às suas necessidades.


Clínica Nutrees
– Praça Visconde de Souza Fontes, 102 – Mooca – São Paulo
Dúvidas e inscrições: (11) 2021-6148 ou (11) 98488-0651

 

Por Dra. Thaís Pereira – CRN3 29.532


Confort-Food-1280x720.png

O termo Comfort Food quer dizer “Comida Confortável”, aquela que lembra aconchego, cuidado, que nos desperta o bem estar, que nos consola e alimenta a alma. É uma comida carregada de afeto. Saiba mais.


sÍNDROME-mETABÓLICA.png

Organização Mundial de Saúde aponta a obesidade como um dos maiores problemas de saúde pública no mundo.

A projeção é que, em 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos estejam com sobrepeso; e mais de 700 milhões, obesos.

🇧🇷 No Brasil, a obesidade vem crescendo cada vez mais. Alguns levantamentos apontam que mais de 50% da população está acima do peso, ou seja, na faixa de sobrepeso e obesidade (ABESO).

📈 Em meio a estes dados, associada a obesidade, vem acrescendo também o número de pessoas diagnosticadas com Síndrome Metabólica, que representa um conjunto de fatores de risco, como o excesso de peso, excesso de tecido adiposo(gordura) visceral(Circunferência abdominal), exames bioquímicos alterados (glicemia, triglicérides, colesterol e frações, etc), podendo promover o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2.

👩🏻‍⚕️ Estudos e práticas clínicas, apontam que a alimentação desequilibrada em nutrientes, o excesso de estresse e o estilo de vida, como o sedentarismo, estão associados a essas doenças, e que a mudança na qualidade de vida nesses aspectos podem diminuir riscos, prevenir e em alguns caso até tratar.

🍎Na alimentação, o consumo equilibrado e balanceado de cereais integrais, frutas, vegetais e gorduras boas, auxiliam a redução dos riscos para o desenvolvimento da obesidade e síndrome metabólica.

👩🏻‍💻 O profissional Nutricionista nestes casos é o melhor indicado para desenvolver um planejamento alimentar individualizado, observando e considerando seus sinais e sintomas, análise de exames, rotina alimentar, respeitando suas atividades diárias e preferências alimentares, orientando e direcionando melhores recomendações conforme as necessidades observadas e precisas para a melhora da saúde e qualidade de vida.

🏋🏻‍♀️Um estudo realizado em 2011, por Busnello e cols, diz que além da mudança na alimentação e a prática de atividade física, a modificação comportamental e a motivação pessoal do indivíduo são importantes para obter resultados positivos também.

Alimente-se e viva ainda melhor!!! 

Escrito por Dra. Debora Bellini – Nutricionista Esportiva


Sobre a Nutrees

Somos uma Clínica que oferece um ambiente acolhedor, convidativo e humanizado para todos que buscam experiências agradáveis, conhecimento transformador e soluções realistas no Emagrecimento, Saúde, Bem Estar & Performance.

Praça Visc. de Souza Fontes, 102 – Parque da Mooca, São Paulo – SP, 03127-010
Tel: (11) 2021-6148 ou (11) 98429-5280 (whatsapp)

Youtube

INSTAGRAM

This error message is only visible to WordPress admins

Error: There is no connected account for the user 1360001174 Feed will not update.

WhatsApp chat